segunda-feira, 24 de junho de 2013

IMPEACHMENT?...O que há por trás dessa campanha da Avaaz?...

LÁ DAS BANDAS DO SANATÓRIO...


Peralá! Impeachment agora não!

Pedro Abramovay já foi secretário nacional de Justiça de Lula, foi defenestrado depois de longos capítulos como assessor de êxito do PT de Lula, Dilma e seus descontentes.

Ele é quem manda e desmanda na organização internacional Avaaz que agora está querendo coletar assinaturas na internet pela saída de Dilma Vana.

Escamoteando o sentimento da mobilização popular que está nas ruas, a Avaaz reza que "O PT, Partido dos Trabalhadores, hoje representado pela presidente Dilma trouxe o mal-estar para a nação. A presidente Dilma que foi eleita pelo povo brasileiro está traindo o povo e dando continuidade ao "idealismo" exdrúxulo do PT ".

E nesse vai da valsa toca o discurso que "colou" da prova das ruas: "A Copa do Mundo comeu bilhões de reais que poderiam ter sido aplçicados na saúde, na educação e em infra-estrutra. Nós brasileiros, estamos cansados desse hipocrisia".

Pois não é que estamos?!? Tanto é que, indo assim de primeira, a petição já coletou mais de 300 mil assinaturas.

Peralá, vamos com calma. Um Avaaz desses pode ser a máscara que esconde os baderneiros que querem pegar carona na mobilização que as redes sociais, o Facebook e outros instrumentos webmedia de livre expressão hoje representam, não apenas para o Brasil que sai às ruas, como para as verdadeiras iniciativas de reforma social.

Pedir o impechament de Dilma agora é botar Michel Temer no poder. Pior que isso, só mesmo a volta de Lula. Calma com o andor que o santo é de barro. Essa gentalha está maluca porque não tem com quem "negociar".

Eles continuam lá, com muitos cargos, ministérios e muito dinheiro da coisa pública para oferecer. Tudo que o Brasil indignado não precisa.

O que se quer agora é padrão Fifa para saúde, educação, transporte, segurança, qualidade de vida, paz, tranqulidade, igualdade e justiça social. Tudo que eles oferecem apenas para eles mesmos.

Não se trata, pois, de impechar Dilma. Bolas, degolando Dilma, vamos ser governados por Michel Temer! Pior que isso, só mesmo um triunvirato Lula/Dilma/Temer. Aí serão imbatíveis, indestrutíveis. Intragáveis!

Trata-se agora, de fazer Dilma Vana fazer o que tem que fazer: governar direito. Deixar de gastança com a máquina pública cada vez mais inchada com terceirizados comprados por 30 dinheiros, cargos, salários, ministérios e aplicar tudo em concursos públicos decentes, mão de obra qualificada e aplicar os trilhões que arrecada em impostos nos serviços essenciais que nos deve, em nada mais do que nos dar o salário de trabalhadores que está na Constituição-Cidadã de 1988, no Capítulo II, dos Direitos Sociais, Art. 7°:

"São direitos do trabalhador: Salário mínimo fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender as suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhes preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim".

Isso só não tem sido possível, porque eles não se contentam com isso e estão nos roubando descaradamente
.


     Publicado em

Nenhum comentário: